Em dia de 'maratona', Papa Francisco recebe humoristas no Vaticano e viaja para cúpula do G7 para reunião e 10 encontros bilaterais

.

Em dia de 'maratona', Papa Francisco recebe humoristas no Vaticano e viaja para cúpula do G7 para reunião e 10 encontros bilaterais
O pontífice argentino será o primeiro chefe da Igreja Católica a participar em uma reunião de cúpula do G7, onde apresentará uma palestra sobre Inteligência Artificial. Papa Francisco e Giorgia Meloni chegam para cúpula do G7

O papa Francisco, de 87 anos, viajou nesta sexta-feira (14) para o encontro da cúpula do G7 que acontece no sul da Itália, em Bari, no sul do país, onde vai participar de uma reunião sobre inteligência artificial e se encontrar com dez líderes em reuniões bilaterais --uma delas, inclusive, com o presidente Lula.

O pontífice argentino é o primeiro chefe da Igreja Católica que participa de uma reunião de cúpula do G7, onde apresenta uma palestra sobre Inteligência Artificial (IA) e "algor-ética" (a ética dos algoritmos), temas que preocupam o Vaticano.

Antes de voar de helicóptero para o sul da Itália, ele se reuniu no Vaticano com um grupo de mais de 100 atores e comediantes, incluindo Whoopi Goldberg, Chris Rock e Jimmy Fallon (veja mais abaixo).

Jorge Bergoglio chegou às 12h30 (7h30 no horário de Brasília) e foi recebido pela primeira-ministra italiana, Giorgia Meloni.

Entre as dez reuniões bilaterais que o papa marcou, estão conversas com os seguinte líderes:

Lula, do Brasil.

Joe Biden, dos Estados Unidos.

Emmanuel Macron, da França.

Volodymyr Zelensky, da Ucrânia

Narendra Modi, da Índia

O Vaticano faz esforços diplomáticos para avançar nas negociações de paz na Ucrânia, sem sucesso até agora.

O G7, formado por Estados Unidos, Alemanha, França, Itália, Reino Unido, Canadá e Japão, realiza o encontro de cúpula anual até sábado no resort turístico de luxo de Borgo Egnazia, na região da Apúlia, no sul da Itália.

Encontro com comediantes

Logo cedo, o Papa Francisco se reuniu com comediantes de 15 países no Vaticano.

Whoopi Goldberg cumprimenta o Papa Francisco

Vaticano/Divulgação

Francisco recebeu muitos aplausos.

Whoopi Goldberg, estrela dos filmes "Mudança de Hábito", e Julia Louis-Dreyfus, das séries "Seinfeld" e "Veep", também estavam no grupo que foi recebido pelo pontífice no Vaticano.

Entre os 107 humoristas presentes estavam ainda o britânico Stephen Merchant, criador da série "The Office" com Ricky Gervais, o americano Chris Rock e o italiano Silvio Orlando, que interpretou um cardeal na série "The Young Pope".

"Podemos rir de Deus? Claro, não é uma blasfêmia, nós podemos, assim como podemos brincar e fazer piada com as pessoas que amamos. O humor não ofende, não humilha e não rebaixa as pessoas por suas falhas", disse o papa.

Para ele, um exemplo de boa comédia é a sabedoria e tradição literária judaica.

"O que digo agora não é heresia: quando se consegue arrancar um sorriso de um único espectador, também se consegue fazer Deus sorrir", ele afirmou.